Floresta Mística

Floresta mística

Viaja o meu peregrino pensamento,
Ao santuário zen da mística floresta.
Pairando como uma pluma ao vento,
Na terna paz que dela, se manifesta.

Quão sagrada e vital é a natureza!
Reflexo do Arquiteto Deus Criador.
Fonte imensurável de pura beleza,
Concepção do Pai, doador do amor.

Contemplo às espécies das matas
E o sublime canto dos passarinhos
Que aos arrebóis fazem serenatas…

Ainda as cachoeiras e suas cascatas,
Que a alma se enaltece de carinhos,
Evidenciando as inspirações inatas.

Elias Akhenaton.

Anúncios
Publicado em poema, Poesia, Poetry, Uncategorized | Marcado com , , , , , , , | 3 Comentários

Coração em pedaços…

Homem com saudade

Oh minha amada! Por onde andas?
Estou com muita saudade, sentindo
A tua falta, do nosso jeito de amar,
No céu azul ou ao luar, todo lugar.

A terna flor que vivia em meu peito
Com as suaves pétalas despetalou.
Mas o doce perfume em mim ficou,
Impregnado, eternizado meu amor!

Eu que em tua companhia exalava
Alegria contagiante, hoje caminha
Por ai sem rumo; triste, moribundo.
Vagueando cabisbaixo, pelo mundo.

Volta amor, vem para junto de mim,
Vem florescer de novo, meu jardim.
Alumia minha alma, meus caminhos.
Acalma meu pranto, meu desalinho.

Se por acaso te magoei, perdoe-me.
Jamais feriria meu próprio coração,
Pois estás nele, por ti que ele pulsa.
Tu és a razão de ser, do meu viver!

Elias Akhenaton.

Publicado em poema, Poesia, Poetry, Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Todo tempo é tempo de amor

Tempo de amor

Todas as estações são belas,
Todas têm seu valor,
Pois foram concebidas
Por Deus, o Arquiteto Criador.

Portanto, não importa
A estação… Não importa a
Transformação… Todo tempo é
Tempo… Todo dia é dia
Para se semear o amor…
Semear a paz.
Deixar florir a alma
E exalar a fragrância
Divina da flor.

Elias Akhenaton.

Publicado em poema, Poesia, Poetry, Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | 11 Comentários