Arquivo do dia: 12 de abril de 2017

O beija-flor no outono

Manhã outonal. O beija-flor, no galho, Parado, chora de saudade da sua flor. Caem folhas secas do pé de carvalho, Dourando o chão, com a sua bela cor. Oh passarinho, não chores! O trabalho É da natureza, do supremo pai … Continuar lendo

Publicado em poema, Poesia, Poetry, Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | 10 Comentários