Tags

, , , , , , , , ,

sol nascendo

Estendo os olhos ao prado celeste,
Vejo quão fascinante, que excede,
Por toda natureza, nada a impede,
Essa cor verde, divina. Inconteste!

O sol se levanta da sua corte leste,
Vem brotar a vida, não se despede.
Fica na alegria que só o rei concede,
Coroando de fé a manhã, no agreste.

Sempre há céu azul, e rios risonhos…
Passarinhos cantam ode à esperança,
Diariamente felizes nunca tristonhos…

Angustiantes, tampouco enfadonhos.
Flores fazem no ar, uma bela dança,
Enquanto laboro, na meta dos sonhos.

Elias Akhenaton.

Anúncios