A lua e o sol do poeta…

26 de fevereiro de 2017 § 5 Comentários

luz-e-sol

É fim de noite, serena madrugada,
Despede-se a Lua cheia encantada,
Saudando no campo, a rubra flor…
Vai repousar nos braços do criador.

Com a alma tristonha, o poeta dar adeus
Para sua menina que com ele madrugou!
Em sua magia a poesia brotou,
Todo sentimento que ela inspirou.

Não fica triste poeta, o irmão Sol raiou!
Ele também é companhia…
É vida que faz germinar o grão,
Em cada pedacinho de chão…
Aquece-te em sua alegria,
Ao romper de sua aurora,
Que desponta agora, sem demora…

Escuta o canto dos pássaros
À beira do riacho…
Sintoniza-te com toda essa beleza,
E deixa aflorar tua verve de trovador,
Escreve teus versos
Que em teu coração, Deus semeou,
Com todo o seu amor!

Elias Akhenaton.

Delicadeza

29 de janeiro de 2015 § Deixe um comentário

frases-sobre-sensibilidade-parte-2-6

Delicadeza é a sensibilidade
Aflorada na essência d’alma.
É sentir o afago suave do vento
Trazendo o aroma do lírio do campo
Com sua magia e o seu encanto…
É sentir na pele a brisa do mar
Numa bela noite de luar…
À abóbada celeste a contemplar…
Despertando o desejo de amar.

Elias Akhenaton

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com lua em Beija-flor Cigano.

%d blogueiros gostam disto: